27 de fevereiro 2013

A Islândia é a terra dos vulcões: o país possui trinta vulcões ativos (e outros tantos inativos) e estudiosos afirmam que de 1862 a 1864 o cenário nórdico da Islândia foi palco de uma erupção contínua. Em 2010, as cinzas do vulcão islandês Eyjafjallajokull foram causaram bastante incômodo, principalmente nas linhas aéreas européias.

A Islândia abriga também o único vulcão da Terra que pode ser explorado por dentro. Vulcões inativos geralmente estão bloqueados por lava solidificada, mas o Thrihnukagigur (algo como “cratera de três picos”) possui uma abertura de cerca de 4×4 metros que dá acesso a uma caverna de 150 mil m³, a 120 metros abaixo da superfície.

Descoberto em 1974, o vulcão Thrihnukagigur só foi explorado quase vinte anos depois, em 1991 por Arni Stefánsson. O interior vazio de lava ainda permanece um mistério para os cientistas: “É como se alguém tivesse puxado a tampa de um ralo e todo o magma tivesse descido por ele”, compara o vulcanologista Haraldur Sigurdsson. As paredes da caverna são super coloridas devido à concentração de elementos químicos como ferro, basalto, sílica e magnésio e o governo da Islândia pretende construir um túnel até a câmara para viabilizar acesso aos visitantes.

Mesmo assim, é preciso uma certa coragem descer o túnel: o fato de o Thrihnukagigur estar dormente há 4 mil anos não significa que ele jamais entrará em erupção novamente nem que esteja livre de tremores e terremotos.



2 comentários | Adicione o seu »

  1. Jessica S. Pfundner

    mar 19, 2013 @ 08:23:55 | Responder

    Apenas cientistas podem entrar no vulcão?

    • Lojas Beagle

      mar 19, 2013 @ 11:39:43 | Responder

      A estrutura para visitação dos turistas ainda está sendo construída. Agradecemos seu contato, Jéssica!

Comentar